quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Oui, Paris!

Eu comecei este blog sem muitas pretensões ou rumos em mente, mas vendo outros blogs do gênero e aproveitando que a minha primeira postagem foi sobre um aeroporto parisiense, decidi seguir postando fotos do resto da viagem.

A primeira parada foi Paris, naturalmente, e, depois de um rolezinho pela cidade que deu um nó na minha cabeça (tudo parecia tão complicado), chegamos ao hotel. Fato curioso sobre o hotel número 1: ele fica de frente pra grande muralha. Não, não é uma grande muralha de verdade, mas um nome simbólico para a divisa entre a parte externa e interna de Paris. Morar dentro das "muralhas", significa morar realmente em Paris e é motivo de orgulho. Fato interessante sobre o hotel número 2: ele fica de frente para um cemitério. E adivinha quem pegou o quarto com a melhor vista para o jardim dos mortos? Pois é.


Vista privilegiada do meu quarto de hotel; a rodovia representa a muralha que separa Paris.

O primeiro passeio foi de "reconhecimento", portanto, não levei a câmera. Pegamos o metrô e fomos direto ao coração de Paris, na estação principal onde maioria das linhas se cruzam. Descemos em um lugar próximo a uma das margens do rio Sena e ao museu do Louvre. Lá rolou um cafezinho, um papo furado e um rango, com direito a uma atendente portuguesa. Não foi ainda a chance de praticar o francês.

No outro dia, já tendo em mente onde ir e o que fazer, saí do hotel com a câmera. Fato curioso sobre Paris número 1: a cidade possui um serviço público de aluguel de bicicletas. Basta ter um cartãozinho com créditos para pegar uma bicicleta e sair por aí pedalando. A devolução pode ser feita em outro ponto de aluguel; se você alugar a bicicleta em um local baixo da cidade e levá-la até um ponto mais alto, o preço do aluguel cai!

Ponto de aluguel de bicicletas.

Desta vez fomos mais longe que da última vez; nosso passeio nos levou a uma área um pouco mais ao norte de Paris, próxima ao famoso Arco do Triunfo. A arquitetura lá é fascinante, todos os prédios têm a mesma altura e não há diferença entre os estilos de cada edifício. Além de igrejas e museus, lá está localizada as Galeries Laffayete, uma espécie de shopping com as maiores grifes do mundo. Era domingo, no entanto, e estava tudo fechado. 1 x 0 pra quem queria passear, paciência aos que estavam afim de comprar.


Faixada da Galeries Lafayette.



Efeito que ela causa às mulheres.





3 comentários:

Juuu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juuu disse...

Claudiimm!!
Bacana o teu blogg!!
Atualiza sempre com fotos e muuitos textos... he he he
;** Ti cuida !! :))

Glauce Lucas disse...

Paris é belíssima e tem realmente um ar diferente! Sobre as bicicletas, isso é realmente muito, muito legal e tenho descoberto que andar de bicicleta na Europa é muito, muito normal também!

Adicionei seu blog nos meus favoritos =D